Leite e Vida Saudável

Realizei uma incrível live com a Dra. Denise Carreiro sobre os potenciais impactos negativos do consumo de leite e glúten. Não percam a oportunidade de conferir essa conversa esclarecedora!

DICA:

Em uma live recente, realizada em setembro de 2023, tive o privilégio de conversar com o renomado Chef Marcelo Horta (@chef.marcelohorta). Discutimos os alimentos que podem ser prejudiciais à saúde e os motivos pelos quais é fundamental evitá-los na sua mesa.

Para saber mais sobre alimentação acesse: icaro.med.br/alimentacao/

Por Denise de Carvalho
http://instagram.com/dra.denise_decarvalho

LEITE. Ele é mesmo essencial na alimentação saudável? Vou dar a MINHA opinião, como gastroenterologista, que, obviamente, não é absoluta, e o assunto é muito controverso. Por que eu não recomendo aos meus pacientes o consumo do leite?

O leite não é essencial para os adultos. Inclusive, já foi retirado da pirâmide alimentar publicada por Harvard. Joguem no Google e verão. Vamos a alguns fatos que precisam ser considerados.

✅ Substâncias injetadas nas vacas para aumentar a produção do leite, conhecidas como RBGH (hormônio do crescimento sintético recombinante), também são secretadas no leite da vaca e vão diretamente para o seu estômago. Está associada ao aumento de câncer de mama, leucemia e puberdade precoce em crianças.

✅ O RBGH diminui a resistência da vaca a infecções, sendo necessário o uso de antibióticos para que, novamente, não diminua a produção de leite, que vai para o trato gastrointestinal de quem consome e altera a microbiota intestinal.

✅ A alimentação da vaca, novamente para aumentar a produção de leite, é baseada em grãos, em sua maioria geneticamente modificados (soja e milho), o que também altera a microbiota intestinal.

✅ A proteína do leite é muito alergênica e pode causar a perda da integridade da barreira intestinal, ou o “LEAKY GUT”, assim como a DISBIOSE.

✅ O desequilíbrio da METALOTIONEÍNA, uma proteína dependente do zinco por suscetibilidade genética (mais frequente do que imaginávamos), causa, entre outras coisas, má digestão da caseína do leite e do glúten, gerando a chamada CASEOMORFINA, um peptídeo que mimetiza os efeitos das drogas opiáceas, como a morfina.

❗ Dessa forma, o leite pode causar dependência!!! Quanto mais você não deve consumi-lo, mais você quer!!!

Dá bem-estar, mas pode afetar a aprendizagem, a interação social, a função motora e sensorial. Quem ADORA leite já tentou ficar sem ele? É horrível!! Eu mesma já fui dependente dele, mas me livrei ?

Portanto, você quer tomar leite? Se sua resposta for sim, procure leite de vacas que pastam e não recebem hormônios e antibióticos. Tenha consciência de suas escolhas. Sugiro a leitura do livro “Alimentação e Distúrbios do Comportamento” de Denise Carreiro.

Por Denise de Carvalho http://instagram.com/dra.denise_decarvalho

Recentemente, lancei meu 9º livro, TOTALMENTE GRATUITO. Neste livro, apresento o mapa que meus melhores pacientes utilizaram para obter sucesso com uma saúde de qualidade. BAIXE AGORA MESMO! É GRATUITO PARA BAIXAR E COMPATILHAR.

Com o objetivo de assegurar sempre o melhor conteúdo para você, leitor ou leitora, nosso site passa por atualizações constantes. Este post foi atualizado em:

Dr. Ícaro Alves Alcântara

CRM: 11639-DF

Contato: 61 99646 - 7775

(marcação de consultas, inclusive online: pacientes de todo o Brasil e exterior)

Email:

recepção.med@gmail.com

Principal material em SAÚDE

www.icaro.med.br/saude

Entre para nosso grupo no Telegram para receber em primeira mão nossos posts

Gostou deste conteúdo? Compartilhe!

2 respostas

  1. Os queijos, aqueles que passam por um processo de cura, alguns chega passar 12 meses em uma estufa! Esses não são saudáveis? Exemplo: os da serra da canastra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O que você procura?

DESTAQUE

Receba atualizações sobre saúde no seu email

Inscreva-se para receber dicas incríveis sobre saúde, bem-estar e hábitos saudáveis de vida, além de outros assuntos relevantes na área da saúde. Mantenha-se atualizado para uma vida mais saudável e feliz.