HCG e o tratamento da obesidade

SOBRAF reconhece importância do HCG como coadjuvante e condena o uso indiscriminado do hormônio.

A Sociedade Brasileira para Estudos da Fisiologia (SOBRAF), em consonância com algumas reportagens veiculadas na televisão e na internet no início desta semana, se posiciona de forma contrária ao uso indiscriminado do hormônio HCG, por profissionais não qualificados, e à venda não regulamentada da substância.

As reportagens em questão mostram pessoas vendendo o HCG pela internet, em sua forma injetável, e recomendando seu uso sem prescrição ou acompanhamento médico. Todas essas atividades contrariam o protocolo de uso do HCG, validado pela SOBRAF e pelo Grupo Longevidade Saudável com base em consistentes pesquisas científicas e na prática clínica direta de milhares de médicos no Brasil e outros países.

De acordo com essas diretrizes, a Gonadotrofina Coriônica Humana é recomendada como coadjuvante no tratamento contra a obesidade, aliada a uma dieta de baixa caloria, por um período que não pode exceder os 40 dias. Seu uso é feito em pequenas doses, administradas de forma sublingual e não por injeções.

Quando utilizada corretamente, por médico devidamente treinado e qualificado para tal, a substância não provoca riscos graves à saúde. “O maior risco para o paciente obeso é manter o alto peso, ou mais especificamente, manter os índices elevados de gordura. O obeso tem maior risco cardiovascular, cerebrovascular, tromboembólico, entre outros”, ressalta o presidente da SOBRAF, Dr. Italo Rachid CREMESP 114612.

Embora as reportagens tragam denúncias importantes, alguns pontos, entretanto, não foram corretamente esclarecidos. Para evitar qualquer mal entendido e oferecer orientações seguras aos médicos, a SOBRAF elaborou este material, com base em uma entrevista concedida por seu presidente, o médico Italo Rachid.

HCG não é remédio para perder peso!

Em primeiro lugar, explica o médico, é preciso deixar claro que as reportagens estão corretas ao afirmar que o HCG não emagrece. O que reduz o peso é a dieta restritiva, com baixas calorias. O uso do Hormônio é preconizado como uma ferramenta metabólica auxiliar no processo de emagrecimento. No organismo de homens e mulheres o HCG envia ao cérebro uma mensagem semelhante a que é ativada nos três primeiros meses de gestação. A partir desse input, o organismo começa a poupar proteínas estruturais e músculos, garantindo que o aporte necessário de energia seja obtido primariamente pelo recrutamento e queima da gordura visceral.

“Esse é o principal mecanismo de ação do HCG, quando associado à dieta hipocalórica: promover a queima de gordura branca altamente inflamatória, mantendo a massa magra e evitando a cetose do paciente, como forma de auxiliar a manutenção da saúde durante o processo de perda de peso”, afirma.

Prescrição restrita a médicos treinados e qualificados para lidar com os protocolos do HCG!

A dieta hipocalórica aliada ao HCG é um modelo terapêutico restrito a médicos treinados e qualificados nessa área, com a capacidade de identificar critérios de inclusão e exclusão.

Entretanto, é muito importante que outros profissionais de Saúde conheçam o método e estejam aptos a referenciar seus pacientes obesos para o médico devidamente qualificado, no momento correto, a fim de obter os melhores resultados. Por isso, o III Workshop de Nutrição Bioquímica Fisiológica do Grupo Longevidade, que acontece no dia 10 de outubro, em São Paulo, trará o tema para nutricionistas e estudantes de Nutrição.

Um método eficaz, seguro e validado pela força das evidências clínicas e pesquisas cientificas.

O HCG é utilizado clinicamente e com segurança como coadjuvante à dieta de baixa caloria para a obesidade há mais de 60 anos. Temos um intercâmbio com médicos de todo o planeta, alguns com uma casuística de mais de 10 mil pacientes, e todos reafirmam a segurança do método – assim como a literatura médica.

Conheça algumas referências bibliográficas sobre o assunto:

Asher, W.L., Harper, H.W. Effect of human chorionic gonadotrophin on weight loss, hunger, and feeling of well-being. Am J Clin Nutr. 1973 Feb; 26(2):211-8;
Belluscio, D.O. The hCG (human Choriogonadotropin) method for obesity treatment: a neglected issue. Disponível em: http://www.hcgobesity.org/;
Belluscio, D.O., Ripamonte, L., Wolansky, M. Utility of an Oral Presentation of HCG (Human Choriogonadotropin) for the Management of Obesity: A Double Blind Study.The Original Internist. December, 2009.
Bosch, B., Venter, I., Stewart, R.I., Bertram, SR. Human chorionic gonadotrophin and weight loss. A double-blind, placebo-controlled trial. S Afr Med J. 1990 Feb 17; 77(4):185-9;
Fleigelman, R., Fried, G.H. Metabolic effects of human chorionic gonadotropin (HCG) in rats. Proc Soc Exp Biol Med. 1970 Nov;135(2):317-9;
Shetty, K.R., Kalkhoff, R.K. Human chorionic gonadotropin (HCG) treatment of obesity. Arch Intern Med. 1977 Feb;137(2):151-5.

Protocolo do HCG
O protocolo de uso do HCG é assunto do módulo “Metabologia e Fisiopatologia da Obesidade”, que faz parte do programa de pós-graduação latu senso do Grupo Longevidade Saudável. “A adoção dessas diretrizes é fundamental para a condução segura e eficaz das terapias com o hormônio”, conclui o médico.

Dr. Ícaro Alves Alcântara | Médico

Gostou deste conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on telegram
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques

CÂNCER

Alguns comentários MEUS sobre CÂNCER, visando ajudar você a entender melhor o assunto. Atendendo a inúmeros pedidos, segue abaixo uma

Entre para nosso grupo no telegram para receber em primeira mão nossos posts

Assuntos relacionados

DHEA - Quem está envelhecendo, precisa conhecê-los
Será que o anticoncepcional é a única opção? Por Dra Suellen Araújo, Médica clínica
3 mitos em Saúde – Tratamento do Hipotireoidismo
Vitamina D - Aspectos Fundamentais que você precisa considerar
Reposição de HORMÔNIO DO CRESCIMENTO (GH) - Transcendendo preconceitos através do conhecimento