3 mitos em Saúde – Tratamento do Hipotireoidismo

 Já falei anteriormente sobre cada um deles, mesmo que “de leve”, mas achei por bem aprofundarmo-nos um pouco… Até porque em consultório têm sido raros os pacientes que não têm dúvidas ou conceitos inadequados sobre pelo menos um destes assuntos (a maioria, sobre todos).  E que fique claro: o objetivo do artigo é esclarecimento e NÃO substituir uma consulta por médico capacitado!

MITO: “O tratamento do hipotireoidismo é sobretudo via reposição de T4 sintético da tireóide Levotiroxina, disponível comercialmente em 4 formas (Levoid, Synthroid, Euthyrox e Puran T4)”

Vamos por partes…

– A tireóide de alguém com Hábitos de Vida ruins NUNCA vai funcionar normalmente, tendendo mais comumente ao hipotireoidismo (mesmo que tardio) por que como já disse anteriormente: hábitos de vida ruins deixam faltar nutrientes para o cérebro que, reflexamente, comanda redução do metabolismo (em boa parte por “frear” a tireóide) – Ou seja: o primeiro e mais importante passo para tratar qualquer distúrbio, inclusive de tireóide, é melhorar seu estilo de vida habitual (mais nas seções de Metabolismo e de Hábitos Saudáveis em www.icaro.med.br)

– Definição de hipotireoidismo, de acordo com a Wikipédia: “Hipotiroidismo ou hipotireoidismo é a deficiência dos hormônios produzidos pela glândula tireóide: a tri-iodotironina (T3) e a tiroxina (T4). Essa condição provoca fadigasonolência, lentidão muscular, aumento do peso corporal, diminuição da frequência cardíacamixedema, o desenvolvimento de aspecto edematoso em todo o corpo”. Aqui já vem o primeiro questionamento no mínimo curioso: se o problema é a deficiência de T4 E T3, por que só o T4 é vendido “comercialmente”?

– A tireóide precisa de iodo para fabricar seus hormônios ou não haverão T4 ou T3 (Saiba bem mais sobre em http://www.lef.org/magazine/mag2011/oct2011_The-Silent-Epidemic-of-Iodine-Deficiency_01.htm) e a maior parte da humanidade tem carência de iodo (ou você acha que o sal seria iodado por que? Mas não há uma guerra declarada ao sal? Bem… A reposição de iodo assim “vai no mesmo barco”…); portanto, é mais que razoável ANTES de ir para a reposição hormonal (ou junto a ela) cogitar seriamente repor o iodo no organismo a ser tratado.

– Muitas são as substâncias que ajudam a expoliar iodo do organismo, como Flúor (abundante na água e cremes dentais), Cloro (presente na água sanitária, piscinas e mesmo algumas bebidas, entre vários outros lugares) e Bromo (muito usado pela indústria da panificação): quanto mais destas substâncias no organismo, mais iodo é “empurrado para fora” do organismo; some-se a isso que até exercício físico faz perdermos MUITO iodo, via suor.

– A tireóide produz principalmente o T4 que PERIFERICAMENTE será convertido pelos tecidos-alvo em T3 e este sim: é hormônio 4 a 7 vezes mais “forte” que o T4 e por isso é o T3 o realmente ativo. Entretanto, ocorre que a maioria das pessoas ou não converte T4 em T3 adequadamente (seja este T4 sintético ou o seu mesmo, natural – Harvard identificou isto em estudo, há alguns anos) ou converte muito do hormônio sintético que toma em T3 reverso, hormônio ainda sem função conhecida no organismo humano e portanto considerado “improdutivo” (http://www.hormoniobioidentico.com.br/tireopausa-ou-parada-dos-hormonios-tireoidianos/);

– A conversão periférica do T4 em T3 é reduzida por vários fatores, a exemplo da carência de selênio, níveis muito altos de insulina ou cortisol (hormônio de stress), muito baixos de testosterona e problemas hepáticos;

– Um hormônio bioidêntico (Saiba mais em http://www.bioidenticos.com/)  é um molecularmente igual ao produzido pelo seu organismo, o que ocorre com o T4 realmente bioidêntico, a “levotiroxina base”. Só que os tratamentos prescritos “por aí” são feitos basicamente via Euthyrox, Synthroid, Levoid ou Puran T4, que são “levotiroxina sódica”… ou seja, este T4 sódico NÃO é a mesma coisa que o T4 base! Confira você mesmo: http://pt.wikipedia.org/wiki/Levotiroxina e http://pubchem.ncbi.nlm.nih.gov/summary/summary.cgi?cid=23666112 –  E qual é a conseqüência disto (caso você não tenha lido o link sobre “bioidênticos”)? Simples: uma substância diferente (mesmo que minimamente) vai ter encaixe diferente no receptor e isso pode trazer efeitos menores, anômalos e até por vezes “indesejáveis”. Entretanto, como a função básica do T4 é “virar T3” (postula-se que o T4 em si não tenha função biológica reconhecida, fora esta: virar T3) alguns farmacêuticos me dizem que dentro do organismo o sódio sai e a levotiroxina sódica “vira” bioidêntica E que todos os T4 bioidênticos no mercado vêm “sódicos” para que a molécula seja mais “estável” – só para esclarecer.

– Se o T3 é o “hormônio mais importante”, no final das contas, quando o assunto é “hormônios tireóideos”, por que é pouco ou mal falado por vários médicos?  Entenda aqui!

É claro que tudo isto é só a MINHA opinião sobre o assunto, ainda que, como sempre, embasada não só tecnicamente em muito estudo constante, mas também em experiência de consultório; mas pergunte, leia, pesquise, estude, discuta e forme o seu próprio conceito: afinal, se juízo critico é sempre importante, imagine quando é a sua Saúde que está “em jogo”…

Lembrando que nas 2 semanas anteriores falei sobre os mitos:

“Colesterol tem que ser baixado (e mantido “baixo”) “de qualquer forma” “O principal no tratamento para depressão/ansiedade são antidepressivos/ansiolíticos”

Um abraço e está aberta a discussão… Até breve!

👨Ícaro Alves Alcântara | Médico
☎ Contato: 61 996467775 (marcação de consultas, inclusive online: pacientes de todo o Brasil e exterior)
✉ Email: [email protected]
📗 Principal material em #SAUDEwww.icaro.med.br
📣Telegram: t.me/Dricaroalves – Saúde Definitiva com Dr Ícaro

Dr. Ícaro Alves Alcântara | Médico

Gostou deste conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on telegram
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Destaques

CÂNCER

Alguns comentários MEUS sobre CÂNCER, visando ajudar você a entender melhor o assunto. Atendendo a inúmeros pedidos, segue abaixo uma

Entre para nosso grupo no telegram para receber em primeira mão nossos posts

Assuntos relacionados

Exames para Avaliação da TIREOIDE - O que você precisa saber
Vitamina D - Aspectos Fundamentais que você precisa considerar
Hipertensão - Abordagem integrativa e resolutiva
DHEA - Quem está envelhecendo, precisa conhecê-los
Reposição de HORMÔNIO DO CRESCIMENTO (GH) - Transcendendo preconceitos através do conhecimento